Aluno vai a formatura de Vestido e Salto

"De vestido e salto alto, aluno gay do ITA protesta na formatura em S. José
Ele diz ter sido vítima de homofobia na instituição por sua orientação sexual.
Talles, de 24 anos, se formou engenheiro no último dia 17

Um formando do curso de engenharia do Instituto de Tecnologia Aeronáutica (ITA) em São José dos Campos (SP), uma das instituições mais renomadas do país, fez um protesto durante a solenidade de colação de grau no último sábado (17). Talles de Oliveira Faria, de 24 anos, é homossexual e recebeu o diploma trajando roupas femininas estampadas com palavras de protesto.
Ele diz ter sido vítima de homofobia dentro da instituição. O ITA nega que discrimine alunos por sua orientação sexual."

Leia reportagem completa no link abaixo.
http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2016/12/de-vestido-e-salto-alto-aluno-gay-do-ita-protesta-na-formatura-em-s-jose.html

Assisti estarrecido a esse episódio, de um lado um rapaz com condição homoafetiva e de outro uma instituição de ensino que deveria ensinar e preparar o jovem para uma sociedade cada dia mais eletista, e que ao invez disso oprime o jovem em sua condição sexual.
Digo condição pelo fato de que a sociedade adora dizer que gay vive sua orientação sexual, e nenhum gay é orientado a ter sua vida afetiva e sexual com um semelhante de mesmo sexo, então vamos deixar de ser criancinhas mal informadas, e em segundo lugar não adianta a instituição negar, é sabido que toda escola tem aquela turminha do zé ninguém que pratica bulling, agora que toda a história veio a público é mais fácil negar e enquanto instuição oprimir mais uma vez o estudante colocando-o em posição de mentiroso.

O mundo ainda tem que aprender muito, desde homens a mulheres, leio todos os dias grandes reportagens de jornais conhecidos na internet, e sempre que sai uma reportagem que fala da condição sexual do homem enquanto gay fico estarrecido com os comentários que leio, primeiro vem a turminha dos idiotados, doutores youtubianos com as piadinhas homofobicas, depois vem os pseudos religiosos com suas citações religiosas imbeciloides citando a biblia, livro isso que não embasa nada devido a sua desconfiguração, edição e traduções duvidosas ao longo dos seculos, e ainda vemos aqueles pseudos criminosos que por pouca coisa oportunamente comete um homicidio so pelo fato da condição sexual do individuo.

Lamentavelmente vemos que ainda temos uma longa caminhada até a humanidade aprender que todos somos iguais e segundo, que condição, escolha ou orientação ou não, nós perdemos a razão no momento em que decidimos interferir na vida do outro, e pra completar hoje em dia vemos as pessoas cometendo crimes de homofobia na internet e e dizendo que estão no seu pleno direito de dar suas opiniões, são os doutores youtubianos, os médicos do google, e de outro lado a lei que não faz nada.

No caso em questão na minha opinião o estudante deveria ter trazido a público o caso no ano em que sofreu a represária e buscado meios juridicos para corrigir o agravo desciminatorio, pois a única coisa certa é a de que o instituto vai tomar cuidados para quando for oprimir outro aluno ficar em oculto e impune mais uma vez.

Fonte das fotos: Web
Artigo: Antônio S.

Compartilhe Agora!

Related Posts

Deixe seu comentário, é um prazer para nós saber sua opinião!
OBS: Os comentários deixados no nosso site por leitores não reflete nossa opinião, portanto não somos responsáveis pelos mesmos.

Nos reservamos ao direito de eventuais erros em nossas postagens, deixe seu comentário e corrigiremos!

Comentários homofóbicos, racistas, agressivos ou intolerantes não serão aprovados.